5 dicas para definir e CUMPRIR metas no próximo ano

5 dicas para definir e CUMPRIR metas no próximo ano

dados com imagens de alvo engrenagens e lampada representando planejamento ideias e estrategias

O fim do ano chega, o próximo se aproxima e, com ele, vem as promessas para os próximos 12 meses. Estabelecer metas é muito comum, ainda mais quando se tratam de ações para fortalecer ou fomentar a empresa. Contudo, nem sempre elas saem do papel e toda a empolgação da virada do ano acaba e os projetos são adiados.

Para isso não acontecer, vamos te ajudar com o passo a passo abaixo. Ele poderá ser utilizado como um guia para você conseguir organizar seus planos e, o melhor, concretizá-los.

  1. Feche para balanço

Antes de traçar novos objetivos é importante analisar como foi o ano da empresa e, assim, conseguir elaborar um planejamento anual eficaz. Por isso, os últimos dias do ano são um ótimo momento para fazer uma retrospectiva de tudo o que aconteceu.

Esse processo ajuda a entender o que pode ter contribuído para o sucesso ou fracasso de cada objetivo estabelecido. Estudar os erros é muito importante para acertar nas próximas ações.

  1. Monte a boa e velha conhecida matriz SWOT

Após verificar os resultados do último ano, é hora de organizar o planejamento do seguinte. Descrever as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças para sua empresa é importante para a elaboração de estratégias.

  1. Defina metas

Agora que você fez uma revisão do ano que passou e montou uma análise da conjuntura atual da empresa, fica mais claro definir metas. Coloque no papel aonde você quer chegar e quais os caminhos trilhar para conseguir. O ideal é detalhar e dividi-las em curto, médio e longo prazo.

Existem alguns métodos que auxiliam nessa fase de construção de metas e objetivos. Um bem prático e fácil de aplicar é o SMART.

SMART é uma abreviatura de cinco palavras inglesas: Specific, Measurable, Achievable, Relevant, Time. Vamos entender o que significa cada uma delas:

  • Specific (específica): metas devem ser específicas, ou seja, práticas, objetivas, diretas (por exemplo: se sua meta é aumentar o faturamento, registre qual a porcentagem e em quanto tempo).
  • Measurable (mensurável): é preciso definir indicadores para ser possível realizar a mensuração de resultados.
  • Achievable (atingível): as metas devem ser desafiadoras, porém baseadas em dados reais com possibilidades de alcance. Afinal, atingir objetivos é um processo que leva tempo e dedicação da equipe, sendo papel do gestor motivá-la e não desanimá-la.
  • Relevant (relevante): as metas devem fazer sentido para a empresa, estar de acordo com a missão e valores da organização.
  • Time (tempo): estabeleça um prazo para a concretização.
  1. Crie um cronograma para as ações

A partir disso,  é preciso traçar um plano para cada projeto. Para se organizar e não esquecer de nenhum detalhe, crie um calendário para agendar as ações.

A dica é também elaborar um cronograma específico para cada área da organização, mas tenha em mente a importância de se interligar os setores e deixar que todos saibam que o trabalho de um, complementa o do outro.

  1. Acompanhe e monitore sempre

Não deixe somente para o fim do ano a avaliação das ações propostas no planejamento. Faça um acompanhamento contínuo de todo o processo para que, se necessário, sejam feitas alterações nas estratégias.

 

Para auxiliar no planejamento da sua empresa, elaboramos um calendário com as principais datas para o comércio. Baixe o arquivo e tenha sempre em mãos para organizar seu cronograma de ações.

Com todas essas dicas, você está pronto para definir e – cumprir – seu planejamento de 2020. Faça bom uso das informações!