Vitrines on-line, delivery, voucher: como superar o isolamento e vender no Dia dos Pais

Vitrines on-line, delivery, voucher: como superar o isolamento e vender no Dia dos Pais

Pesquisa mostra que a pandemia mudou a forma como 47,3% dos brasileiros comprarão o presente para a data; segundo especialistas da Fecomércio MG, com dicas simples, é possível incrementar o caixa no período

Andar pelas ruas, parar em frente a uma vitrine e encontrar o presente ideal para o Dia dos Pais (09/08). Durante décadas, boa parte do empresariado viu essa rotina se repetir antes ou durante o segundo domingo de agosto. Neste ano, com o isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), esse encantamento continua. Mas, com inúmeras atividades econômicas suspensas, as vitrines precisam caber na palma da mão e na tela de um computador.

Essa percepção foi captada por um levantamento da Méliuz, empresa mineira de cashback. De acordo com a startup, a pandemia mudou a forma como 47,3% dos brasileiros comprarão o presente para o Dia dos Pais. Neste ano, segundo a pesquisa de opinião, 69% das pessoas darão lembranças aos pais. Entre esses consumidores, 79% pretendem fazer as compras exclusivamente em lojas on-line, sendo que a maioria (36%) espera gastar entre R$ 51 e R$ 100.

A economista da Fecomércio MG, Bárbara Guimarães, destaca que, embora não substitua as vendas presenciais, a aposta no comércio eletrônico colabora para a manutenção dos pequenos negócios. “As datas comemorativas trazem efeitos sazonais para o varejo, incrementando as receitas. Por isso, aproveitar o apelo emocional do período é fundamental, sobretudo às micros e pequenas empresas, que precisam de capital de giro para manter as operações durante a crise.”

As roupas (51%) devem ser os itens mais buscados por quem deseja presentear os pais, seguidas por acessórios e calçados (28%), materiais eletrônicos e de informática (25,1%) e perfumes e cosméticos (22,18%). “Os cuidados que o empresário tem ao montar a vitrine da sua loja física precisam ser reproduzidos em seu e-commerce ou redes sociais para oferecer a melhor experiência ao cliente, sugere a analista de relacionamento da Fecomércio MG, Aline Grazielle.

Se você está em dúvida sobre como se preparar para as vendas, inclusive pela internet, siga as dicas das especialistas da Federação:

Prepare sua loja. Invista seu tempo e recursos em uma apresentação atraente para os seus produtos. “Os feeds, timelines e stories das redes sociais são vitrines virtuais, e, por isso, devem ‘entrar no clima’ do Dia dos Pais”, observa Aline. Para a especialista, uma divulgação caprichada deve ter fotos bem iluminadas, vídeos criativos e uma descrição poderosa, que chame a atenção do cliente. “Se você vende roupas, pode montar os looks e mostrá-los nos manequins”, ressalta.

Planeje promoções. Com as oscilações na renda, devido aos efeitos financeiros da pandemia de Covid-19, oferecer promoções é uma estratégia fundamental. “Os preços promocionais são atrativos para o consumidor, facilitam as vendas e ajudam a circular o estoque, gerando fluxo de caixa”, destaca Bárbara. Ela lembra que, além dos valores, as condições e formas de pagamento também são fatores decisivos para que o cliente transforme a intenção em presente.

Atenda com excelência. As datas comemorativas pedem atenção redobrada do empresário. Verifique frequentemente todas as plataformas digitais onde sua empresa se encontra. “O atendimento ágil e eficiente é uma das chaves para o sucesso nas vendas, sejam presenciais ou digitais. Se ainda não possui um canal por WhatsApp, crie uma conta. Hoje, segundo o Sebrae, 98% da população ativa do país tem esse aplicativo instalado no celular”, salienta Aline.

Aposte no delivery e no voucher. Ainda não sabe como aproveitar o período? Segundo Bárbara, os cupons com direito a serviços pós-pandemia e as entregas em domicílio, inclusive aos ‘atrasadinhos’, são boas alternativas para melhorar a receita. “Os hábitos mudaram com a pandemia. Mas isso não querer dizer que a ocasião não possa vir acompanhada de um almoço especialmente encomendado para a data ou de um cupom para uma viagem futura”, exemplifica.

Fique atento ao pós-venda. Aproveite o Dia dos Pais para entender os hábitos de compra do seu cliente, melhorar suas formas de atuação pela internet e verificar a logística de entrega. “O pós-venda é tão importante quanto a venda em si. Pois, é nesta etapa que o cliente é fidelizado”, ensina Aline.

Reinvente seu negócio e tenha boas vendas!

Deixe uma resposta