3 características que um líder 4.0 precisa ter

3 características que um líder 4.0 precisa ter


A Quarta Revolução tem mudado as rotinas empresariais. A introdução massiva da tecnologia altera profundamente a maneira como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. No mundo corporativo, as organizações estão sentindo cada vez mais os impactos e a necessidade de adaptação a esse contexto para atender a crescente expectativa dos consumidores.

Para se adequar à atualidade, as empresas têm buscado profissionais mais inovadores, principalmente para cargos de liderança. O economista, fundador e diretor executivo do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab, define, em seu livro “A quarta revolução”, o novo líder como um profissional mais sensível. “Precisaremos de líderes inteligentes emocionalmente e habilidosos para modelar e fazer prosperar um trabalho cooperativo.”

Com base nesse perfil, listamos algumas características essenciais à liderança 4.0:

1. Trabalho em conjunto

O primeiro aspecto dessa liderança é menos hierarquia e mais colaboração. O formato de ‘chefe’, comum no passado, já não funciona mais. As organizações têm percebido a importância dos funcionários no desenvolvimento do negócio, pois são eles que entregam os resultados. Então, nada mais correto e óbvio que proporcioná-los as melhores condições possíveis para que sejam mais felizes e realizados em seus empregos.

É necessário que o líder motive, inspire e respeite a equipe, tanto no aspecto pessoal quanto profissional. Espera-se que ele caminhe lado a lado, mostrando, por meio de feedbacks construtivos e conversas abertas, a direção a ser seguida em busca do resultado desejado.

2. Sensibilidade e agilidade

O mundo está em constante transformação; e a liderança 4.0 deve estar preparada para gerenciar as mudanças a qualquer momento. A informação já não é mais restrita, pelo contrário, ela precisa ser compartilhada para que a equipe seja mais proativa e rápida. Portanto, é necessário que o líder conheça bem as habilidades e competências profissionais de seus liderados para utilizá-las a favor do bem comum.

3. Um exemplo a ser seguido

O novo líder precisa ter personalidade forte, ser justo e buscar conhecimento. Isso o permitirá aprender e estimular a criação de ambientes de trabalho mais flexíveis, equipes multidisciplinares e processos criativos. Ao se mostrar ‘antenado’, ele irá inspirar seus liderados a colaborar com um ambiente corporativo mais saudável. Além disso, o novo líder precisa estar em constante atualização gerencial, tornando-se capaz de se antecipar a qualquer desafio.

Quer saber mais?

Com o intuito de orientar e inspirar lideranças, a Fecomércio MG recebe a coach de alta performance Ana Paula Paixão, no dia 11 de junho, de 8h30 às 10h30. Ela ministrará a palestra gratuita “Liderança 4.0 – A arte de engajar pessoas para fazer acontecer”.

O encontro faz parte do ciclo de palestras promovido pelo projeto “Fecomércio em Conexão”. A iniciativa, que chega a sua quarta edição este ano, tem a proposta de estabelecer parcerias com empresas renomadas para levar capacitação aos empresários mineiros.

As inscrições são gratuitas, limitadas à lotação do auditório e mediante doação de fralda geriátrica ou produtos de higiene pessoal. Clique aqui e faça agora a sua inscrição.